Desfralde, meninos e meninas, tem diferença?? Por onde começar??

Quando chega esse tão esperado momento, muitas vezes nos sentimos perdida e não sabemos por onde começar. Muitas mães até transferem essa missão para a escolinha da criança se achando incapaz de conseguir. O segredo de tudo é a calma, ficar ansiosa pode passar para a criança e atrapalhar, broncas severas podem tornar aquilo uma penitencia e a criança não consegue progredir.
Não sou psicologa, pediatra,ou profissional do ramo, mais sou mãe de um casal, que antes de começar o desfralde dos meus pequenos pesquisou muito e conversou com mamães que tiveram sucessos e fracassos ao decorrer, daí em diante tirei minhas conclusões e balanceando o positivo e o negativo deu super certo.
E pra quem se pergunta se menino é mais difícil de largar a fralda, SIM, menino tem mais dificuldade segundo várias matérias que já li na internet e de casos com algumas mães, por exemplo o meu, o Murillo demorou por volta de uns 15 dias sempre molhando tudo, a Lorena em 2 dias já estava pedindo e já não fazia mais sujeira, por tanto mamães de meninos, um pouquinho mais de paciência.
Claro que cada caso é um caso, mais aqui em casa bateu direitinho com o que pesquisei.
Então o primeiro de tudo foi saber a hora certa de dar início a essa fase. Que pode ser lembrada com orgulho se feita com calma e muito amor, a hora certa não somos nós que decidimos, isso vem da criança, e cada um tem seu tempo, tem crianças que a partir de 1 ano e meio já começam se mostrar prontos, já outros somente depois dos 3.
E como saber se já está na hora???
Preste atenção se a criança faz bastante xixi de uma vez ( não faz aqueles pinguinhos a todo momento).
Na troca de fralda nota que a criança fica seco (fralda) por pelo menos 3 horas.
Fica incomodado quando está com a fralda suja.
Consegue seguir instruções.
Entende os sinais físicos de que está na hora de correr para o banheiro.
É muito importante também que a rotina da criança nesse período esteja tranquila, porque de certa forma já iremos partir para uma grande mudança. Vale também esperar uma época do ano que não seja tão fria, assim é menos sofrido se a criança não conseguir segurar. E uma vez decidido não volte a trás, por isso temos que analisar bem se já está na hora antes de dar o ponta pé inicial
Feita essa analise é hora partir para o estimulo, comprar um peniquinho ou assento com seu personagem favorito, cuecas e calcinhas também é uma novidade e eles adoram, inventar músicas ou brincadeiras na hora de leva-lo(a) no banheiro, enfim, vale de tudo.
Os pais é quem decidem se vão partir para o desfralde total ou se somente diurno, aqui em casa fui aos poucos e não tive problema, tirei durante o dia, e só colocava a fralda depois que eles já tinham dormido, com o tempo eles acordavam de fralda e ficavam doidos pra tirar, tudo é uma questão de tempo.
O menino deve começar fazendo xixi sentado, já que eles podem se confundir na hora de pedir "xixi coco" e depois sem pressa vendo o papai, ele aprenderá.
A menina deve ser ensinada a se limpar do jeito certo desde o começo, muitas mamães acham que isso vem futuramente, claro que isso ela não irá fazer de imediato, mais quando chegar a hora ela saberá que é da frente para o bumbum.
Comece o dia tirando a fraldinha de uma forma bem alegre e mostrando que agora ele(a) irá ao banheiro para fazer xixi e coco, vista a cueca ou calcinha e se mostre feliz e orgulhosa por essa novidade.
Na primeira ida ao banheiro a criança pode sentir um pouco de medo de sentar no vaso sanitário, por isso temos que providenciar o penico ou assento e fazer com que aquilo seja divertido, então essa é a hora da dancinha, de cantar de sentar no chão ao lado da criança, hora de fazer com que ele se divirta ali, e que o xixi e o coco é mais uma brincadeira, só que agora no banheiro. Pode ser que demore um pouquinho, ou não, mais o importante mesmo é o dar o famoso tchauzinho no final, o importante é a festa para comemorar que ele(a) conseguiu.
A criança precisa sentir vontade de voltar a "brincar de fazer xixi e coco" e assim essa nova rotina se tornara muito mais fácil para todos.
É importante lembrar a criança sempre que possível, vai ter escapadinhas, mais também terá sucessos, então não desista se nos primeiros dias não der certo, não demonstre raiva caso a criança não consiga, desistir só vai mostrar para a criança que ela não precisa daquilo, tenha paciência e persista, tenho certeza que será um momento que sempre vai lembrar com muito orgulho da criança e de você que foi uma super mãezona.



0 comentários:

Postar um comentário